Seu Cabelo é o que você ingere - Cabeleireiro Profissional

Seu Cabelo é o que você ingere

O seu Cabelo é o que Você Ingere

Veja como remédios, falta de vitaminas e até o uso de alguns suplementos alimentares podem levar a uma calvície

O cabelo precisa de várias vitaminas e minerais que agem junto para melhor ativar o metabolismo, são elementos importantes para vida, encontramos na terra e são passados para os vegetais e consumido pelos animais e humanos.

A quantidade de medicamentos que podem causar danos capilares é imensa.

Quer entender muito mais de Cabelos, tratamentos, e tudo relacionado ? Apenas para cuidar das suas próprias madeixas, para se tornar uma blogueira de sucesso ou até para ser um(a) Cabeleireiro(a) Profissional ? Acesse no Curso de Cabeleireiro Online AGORA mesmo !

Citarei aqui os principais remédios e falta de nutrientes que causam a QUEDA DO CABELO.

Vitaminas e minerais como A, B2, B5 e B5 e os minerais como zinco, cobre e selênio são de suma importância para saúde dos cabelos e couro devolvendo a integridade, resistência, trocas metabólicas e o crescimento.

O cabelo é formado basicamente por proteínas e água. Logo, para uma perfeita saúde capilar é necessário ingerir quantidades ideais de proteínas e água diariamente.

Causam queda de cabelo a falta das vitaminas A e C. A falta do mineral Cobre também pode causar queda dos cabelos.

Falta de Zinco pode deixar os cabelos quebradiços, e, falta de Selênio pode ocasionar embranquecimento dos cabelos.

Existem descrições de casos irreversíveis após uso de bussulfano (antineoplásico) e ciclofosfamida (também chamada Citoxan, Neosar, Genuxal, Citofosfana ou Endoxan – usados para tratar vários tipos de Lúpus eritematoso e algumas desordens auto-imunes e também artrites reumáticas).

Por vezes o uso crônico de uma determinada droga pode levar a uma queda diária discreta, porém constante dos cabelos, e a longo prazo produzir uma alopecia total, caso o médico não perceba a relação da alopecia com a droga, como é o caso do amiodarona, medicamento muito usado em cardiologia.

O paraminosalicilato pode causar uma erupção liquenóide no couro cabeludo, levando a uma alopecia cicatricial.

Outras drogas podem agir indiretamente sobre os cabelos, é o caso do captopril que diminui os níveis de zinco sérico, consequentemente levando a uma alopecia nutricional.

O uso de medicamentos tópicos também devem ser pesquisados. Existe relato de casos de eflúvio telógeno pelo minoxidil, assim como queda de cabelos anágenos distróficos após uso de xampus à base de sulfeto de selênio. Colírios à base timolol, betaxolol e levobunolol e atos do simples cotidiano como enxaguar a boca com o ácido bórico, contido no Listerine, podem causar uma alopecia. No mercado existem centenas de itens que contêm ácido bórico, e este fato não deve ser esquecido.

De uma forma geral, toda droga citostática pode levar a um deflúvio anágeno, pois como a matriz do folículo é mitoticamente muito ativa, torna-se alvo natural da droga, logo a alopecia começa a se formar imediatamente após seu uso.

Quer entender muito mais de Cabelos, tratamentos, e tudo relacionado ? Apenas para cuidar das suas próprias madeixas, para se tornar uma blogueira de sucesso ou até para ser um(a) Cabeleireiro(a) Profissional ? Acesse no Curso de Cabeleireiro Online AGORA mesmo !

Referências:
APPLEGATE, Edith, e Cols. Anatomia e fisiologia. São Paulo: Ed Elservier, 2012
BIONDO, Sônia; DONATI, Bruno. Cuidados Básicos, técnicas de corte, coloração e embelezamento , 3 Ed. 2 Reimpr, Rio de Janeiro: SENAC, 2010
Guarrera M, Seminom T, Rebora A – Quantitating hair loss in women: A critical approach. Dermatology, 1997, 194:12-16
Muller AS, Winkelmann RK – Trichotillomania. A clinicopathologic study of 24 cases. Arch Dermatol 1972; 105:535-40
Saitho M, Uzuka M, Sakamoto M – Human hair cycle. J Invest Dermatol 1970, 54:65-80